Skip to content Skip to footer

The world in space-lapse – O mundo no espaço lapso

There are many reasons to start a trip.

Daniele and Elena decided to do the documentation of their contradictions and conflicts. Without giving too much importance to the target, focusing on the journey itself.

They left from Bologna, the wheels of their bikes facing east. To create a series of reports about the Eurasian territories and, above all, the cultures that inhabit them. A slow pace, gypsy. In close contact with the road. Collecting the whispers of the environment, the stories on the cost of protection. Images and sounds of nomadic culture and territorial conflicts. The colors of life of minority peoples. All in collaboration with local associations, which allow you to enrich their news with interviews and analysis of the problems encountered (http://itcycloscope.weebly.com/).

Concurrently, they equipped their bicycles of an automatic sampling system of the road at a fixed distance, which they called “space Lapse”. Every 500 meters a photograph. The pictures taken will make up an interactive map of the entire route that compriranno.

Everything kept active through a circuit that powers the battery of GoPro pure pedal. A modern dynamo serving technology.

Two boys overwhelming and enthusiastic. And their new map of the world.

Check out the original text

Há muitas razões para iniciar uma viagem.

Daniele e Elena decidiram fazer a documentação de suas contradições e conflitos. Sem dar muita importância ao alvo, focando a viagem em si. Eles sairam de Bolonha, as rodas de suas bicicletas estavam voltadas para o leste. Para criar uma série de relatórios sobre os territórios da Eurásia e, acima de tudo, as culturas que os habitam. Um ritmo lento, cigano. Em estreito contato com a estrada. Coletando os sussurros do ambiente, as histórias sobre o custo de proteção. Imagens e sons da cultura nômade e conflitos territoriais. As cores da vida dos povos minoritários. Tudo em colaboração com associações locais, que permitem enriquecer a sua notícia com entrevistas e análises dos problemas encontrados (http://itcycloscope.weebly.com/).

Ao mesmo tempo, eles equiparam suas bicicletas com um sistema de amostragem automático da estrada a uma distância fixa, que eles chamam de “Lapse espaço” (Sistema parecido com os carros do Google Street View). A cada 500 metros de uma fotografia. As fotos tiradas irá tornar-se um mapa interativo de todo o percurso que cobriram.

Tudo mantido ativo através de um circuito que alimenta a bateria de GoPro por puro pedal.
Dois meninos esmagadores e entusiastas. E seu novo mapa do mundo.

Confira o texto original

Leave a Comment

0.0/5

Percebendo que havia pouca ou quase nenhuma informação, inclusive relatos de viagens de brasileiros, resolvi montar este site junto com o meu irmão, Fagner, e seu colega de trabalho, Sanches, visando suprir o site com relatos consistentes sobre a Via Francigena, dando enfoque aos aspectos históricos, culturais e religiosos deste caminho.