Região da Basilicata adere à Associação Europeia da Via Francigena – Basilicata Region joins the European Association of the Via Francigena

A região da Basilicata adere como um membro comum da Associação Europeia da Via Francigena, realiza um vôo “réseau porteur” do Conselho da Europa desde 2007.

Valorização e promoção de rotas e itinerários na Basilicata são eficazes e relevantes como inserido em uma rede estável de colaboração e partilha de projetos, experiência e estudos como o da Associação Europeia da Via Francigena.

A Basilicata quer desenvolver uma série de ações para o desenvolvimento sustentável das lareiras e territórios, tendo também em vista 2019, que vê Matera como a Capital Europeia da Cultura, no âmbito do projeto relacionado com a Via Francigena, no Sul, que envolve cinco regiões italianas: Lazio , Molise, Campania, Basilicata e Puglia para um total de 700 km, estendendo-se para os países do Mediterrâneo, incluindo Macedônia, Albânia, Grécia, Turquia até Jerusalém.

A Basilicata ajudou a criar o arquivo do aplicativo para a extensão da Via Francigena no Sul elaborado pela Sociedade Geográfica Italiana, em nome da rede AEVF “a extensão da Via Francigena no Sul, a Puglia e seus portos de embarque em Mediterrâneo, para a Basilicata e os dois mares que está voltado para o Oriente e na terra Santa, ajuda a chamar a principal forma de alcançar um grande produto turístico cultural e nacional e um grande itinerário eromediterrâneo”.

Basílica da região também adere ao Comité Europeu de Coordinameto Técnico Regional (CECTI) da Via Francigena, coordenado pelo AEVF e o nascer do Comité de Coordenação das Regiões da Via Francigena no Sul.

Luca Bruschi

Fonte

The region of Basilicata joins as an ordinary member of the European Association of the Via Francigena, performs a flight “réseau porteur” the Council of Europe since 2007.

Enhancement and promotion of routes and itineraries in Basilicata are effective and relevant as inserted in a stable collaboration network and sharing of projects, experience and studies such as the European Association of the Via Francigena.

The Basilicata wants to develop a series of actions for sustainable development of fireplaces and territories, also in view of 2019, which sees Matera as the European Capital of Culture, as part of the project related to the Via Francigena, in the South, involving five regions Italy: Lazio, Molise, Campania, Basilicata and Puglia for a total of 700 km, extending to the Mediterranean countries, including Macedonia, Albania, Greece, Turkey to Jerusalem.

The Basilicata helped create the application file for the extension of the Via Francigena in the South drawn up by the Italian Geographical Society, on behalf of AEVF network “the extension of the Via Francigena in the south, Puglia and its shipping ports in the Mediterranean, for Basilicata and the two seas that is facing the East and the Holy land, helps draw the main way to achieve a great cultural and national tourist product and a great itinerary eromediterrâneo “.

Basilica of the region also adheres to the European Committee for Coordinameto Regional Technical (CECTI) Via Francigena, coordinated by AEVF and the rising of the Coordination Committee of the Regions of the Via Francigena in the South.

Luca Bruschi

Source

 

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?